quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Governo do Estado começa a pagar servidores nesta sexta-feira (31)

A folha salarial dos servidores públicos do Rio Grande do Norte começa a ser paga amanhã (31). De acordo com informações preliminares da Secretaria de Planejamento, a forma de pagamento será a mesma do mês anterior, com preferência para o pagamento dos servidores que recebem até R$ 2 mil e áreas essenciais.
Segundo o Governo do Estado, o pagamento começará a ser creditado ao meio dia. Serão pagos os salários de todos os servidores da Saúde, Educação (inclusive UERN), além de todos os servidores do DETRAN, IDEMA, DEI, JUCERN e IPEM, independente do valor do salário. Também na amanhã vão receber os servidores ativos e inativos das demais áreas que ganham até R$ 2 mil líquidos.

Ao todo, 93.464 servidores (91% do total) receberão amanhã. Os demais 9.377 servidores terão os valores creditados até o dia 10 de novembro.

A mudança na forma de pagamento da folha dos servidores ocorre desde agosto de 2013, quando o Executivo, devido à crise financeira, teve que mudar a forma de pagar os salários dos trabalhadores.


Da Tribuna do Norte

Força e Luz e Currais Novos empatam em abertura da Segundona do RN


Jogo no Estádio Barretão, em Ceará-Mirim, não sai do 0 a 0. Próxima rodada será realizada no sábado, com duelo entre o Atlético Potiguar e o Currais Novos.

O jogo de abertura da segunda divisão do Campeonato Potiguar terminou empatado. Força e Luz e Currais Novos não saíram do 0 a 0 na noite desta quarta-feira, em duelo realizado no Estádio Barretão, em Ceará-Mirim.

As equipes agora somam um ponto. A segunda rodada terá o confronto entre o estreante Atlético Potiguar e o Currais Novos, neste sábado, às 16h. Todos os jogos da Segundona serão realizados no Barretão, em Ceará-Mirim.

O torneio, que conta com a participação de apenas três clubes, será disputado por pontos corridos, com jogos de ida e volta - são seis rodadas no total. O campeão fica com a vaga para a elite do Campeonato Potiguar de 2015.


Do G1 RN

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Brasília: prefeitos participam de mobilização pelo FPM e mais prazo para o fim dos lixões

Em Mobilização Permanente no Congresso Nacional, os prefeitos defenderam a necessidade de estarem constantemente no Parlamento e as conquistas que têm sido alcançadas graças a esses encontros. Os gestores estiveram reunidos nesta terça-feira, 28 de outubro, para pressionar a elevação do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e a prorrogação do prazo para cumprir a Lei dos Resíduos Sólidos.

Na Câmara dos Deputados não houve quórum até o início da noite. Portanto, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 426/2014, que aumenta o FPM em 1%, não pode ser votada. A expectativa dos líderes era colocar na pauta do Plenário esta e outras matérias polêmicas. Mas, sem a presença da metade mais um não é possível votar nada. Até o início da noite, alguns deputados discursam no Plenário.

De qualquer forma, o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, explicou aos participantes da Mobilização a atual situação da PEC 426. Ziulkoski falou da necessidade de mais recursos urgentemente. “Meses de atraso com os fornecedores e dificuldades para fechar a folha. Tem sido assim com a maioria. A despesa do prefeito é incomprimível, não tem como mudar”.


A elevação do Fundo tem sido a principal bandeira do movimento municipalista desde o final do ano passado. A esperança é que na quarta-feira, 29, haja quórum para a votação em dois turnos. Como se trata de uma PEC, não é preciso ser sancionada, basta a promulgação. A matéria foi aprovada no Senado e não sofreu modificação na Câmara. Assim, o último passo é somente a decisão no Plenário da Câmara.

Um verdadeiro suplício vivem os moradores do conjunto José do Egito ao lado de um lixão a céu aberto em Lajes Pintadas


A fumaça decorrente da queima dos materiais do lixão produzido em Lajes Pintadas tem atormentado a vida dos moradores do conjunto habitacional José do Egito construído há sete meses. De acordo com os moradores, a queima dos resíduos e a fumaça produzida dos materiais é altamente prejudicial à saúde.

Com o vento a fumaça se desloca para a área e atinge os moradores dos dois setores do conjunto e as ruas que fica próximo ao lixão, cerca de 300 metros das moradias que são atingidos pela fumaça preta e tóxica, provocando problemas respiratórios em alguns moradores.

Nesta terça-feira (28) o Blog esteve no local a pedido dos morares e pôde constatar a veracidade das denúncias, segundo eles, não sabem quem são os autores da queima do lixão que provoca combustão e fumaça.

Um verdadeiro suplício, podemos definir assim, é a vida dos moradores do conjunto José do Egito, obrigados a conviver ao lado de um lixão a céu aberto.


Uma moradora que não quis se identificar, disse que já planeja abandonar o local, pois achar difícil conviver com a situação, devido às crianças apresentarem problemas de tosse e bronquite causados pela fumaça.

Podemos constar que a escolha do local para a construção de 40 casas populares certamente não deveria ser aquele, tendo em vista a existência do lixão a céu aberto, e as recorrentes reclamações de moradores que lá já habitavam. Tais reclamações eram de conhecimento das autoridades competentes responsáveis pela construção das casas populares naquele local.

A promessa do poder público municipal para os moradores do conjunto José do Egito, é que em breve, o lixão esta saindo do local, pois já existe um terreno disponível para o lixão, e que estão só aguardando a liberação do órgão competente para fazer a transferência do local. De porta fechadas, população clama por uma solução. Em quanto isso em Brasilia, os prefeitos lutam pela prorrogação do prazo para cumprir a Lei dos Resíduos Sólidos, os lixões.


Oposição diz ter se fortalecido com as urnas deste segundo turno em Campo Redondo


Quem anda cantando vitória em Campo Redondo é o grupo liderado pelo vice-prefeito Manoel Egídio. Ele lidera os vereadores Reginaldo Moura e Merinho do Sindicato, e se julga responsável pela vitória de Robinson Faria neste segundo turno, já que no primeiro deu Henrique. Egídio e seu grupo também estiveram com Fátima Bezerra para o Senado.

E a exemplo de todos os municípios potiguares, em Campo Redondo o pleito 2016 já começa a ser antecipado, e para alguns Manoel Egídio é o nome natural da oposição para enfrentar o atual prefeito Alessandru.


Marcos Dantas

Dois dias depois da eleição, Câmara derruba decreto bolivariano de Dilma


A Câmara dos Deputados reagiu e, enfim, derrubou nesta terça-feira o decreto bolivariano da presidente Dilma Rousseff, destinado a criar conselhos populares em órgãos da administração pública. A matéria foi assinada no final de maio em uma canetada da presidente e foi alvo de críticas de juristas e parlamentares. O Senado ainda tem de avaliar o projeto de decreto legislativo para que a determinação do Planalto seja suspensa.

A derrubada da matéria é uma reivindicação antiga da oposição e se deu dois dias após as eleições, indicando a turbulência que Dilma encontrará no Congresso no novo mandato. “Essa derrota é para mostrar que o discurso de conversa com o Congresso não poder ficar só na teoria”, resumiu o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA).

O PT tentou evitar a derrota a todo custo. Sabendo que não funcionaria no diálogo, o partido apresentou uma série de requerimentos, entre eles para adiar a sessão e retirar a matéria de pauta, mas todos foram rejeitados.


Da Veja

Crescimento do FPM este ano deve ser de 6,5% ante os 9,2% previstos pela Receita Federal

A Receita Federal prevê um crescimento de 9,2% no Fundo de Participação dos Municípios (FPM) em 2014. No entanto, este aumento não deve ocorrer, de acordo com a análise da Confederação Nacional de Municípios (CNM). 

A entidade acompanha a evolução das principais fontes de receita municipais, como o FPM, para auxiliar os gestores a fechar o exercício com mais facilidade. Mas, não acredita neste porcentual.


Segundo o governo, este ano o FPM deve fechar em R$ 81,1 bilhões. Em comparação ao ano passado, quando foram repassados R$ 74,3 bilhões, obtenham-se o crescimento nominal de 9,2%. O cálculo leva em consideração projeções da Secretaria do Tesouro Nacional para os meses de novembro e dezembro.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Líderes pedem a Henrique Alves votação da PEC da Reforma Política


O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, recebeu nesta terça-feira (28), na reunião de líderes, requerimento do vice-líder do PP, deputado Esperidião Amim (SC), para que a admissibilidade da PEC da Reforma Política (352/13) seja votada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) nesta quarta-feira (29).

O requerimento foi assinado por 15 dos 22 líderes. Esperidião Amim argumentou que os parlamentares foram cobrados durante todo o processo eleitoral sobre a urgência de uma reforma política e a Câmara não pode mais adiar a discussão do tema. Ele lembrou que a proposta que deve ser votada nesta quarta-feira pela CCJ foi elaborada por um grupo de trabalho em 2013.


Henrique Alves concorda que não há mais razão para adiar o debate e acredita que as divergências sobre o mérito da proposta poderão ser discutidas na comissão especial que será criada para analisar a PEC.

Falta de pagamento provoca apagão em prédios públicos de Lajes Pintadas/RN

A sede do executivo municipal, localizado no centro de Lajes Pintadas e mais nove repartições do município, tiveram o fornecimento de energia elétrica cortado na manhã desta terça-feira (28) pela empresa concessionária de energia do Estado do RN.

Segundo informações que nos foi repassada, não foi apenas a prefeitura que ficou sem energia elétrica, mais outro nove prédios do município também tiveram o fornecimento de energia suspensa, assim como algumas associações, inclusive a Associação de Desenvolvimento Lajespintadense – ADEL. 

Na associação, no momento da interrupção de energia havia 60 funcionários da fábrica de confecção na área de produção e tiveram os trabalhos suspensos, sendo dispensados das atividades enquanto o fornecimento de energia não for restabelecido.

Segundo informações repassadas ao Blog, o fornecimento de energia das repartições do município foi suspenso por falta de pagamento por parte da prefeitura. O débito refere-se ao mês de setembro. Há outra informação, que a secretaria de finanças invés de pagar o mês de setembro em débito, pagou o mesmo de outubro.

A informação que obtivemos por um funcionário da prefeitura, é que logo que for efetuado o débito com a Cosern, o fornecimento de energia será restabelecido nas repartições públicas do município.

Seja de quem foi à responsabilidade o estrago já está feito. 


Rosalba deverá anunciar nos próximos dias a sua equipe de transição


A governadora do Rio Grande do Norte Rosalba Ciarlini (DEM) deverá anunciar nos próximos dias a equipe que fará a transição do seu governo para Robinson Faria (PSD) que venceu às eleições do segundo turno realizadas neste domingo (26) no Estado. 

Robinson Faria que hoje comemora a sua vitória em Mossoró, também deverá anunciar em breve a sua equipe do processo de transição.

Senac abre 62 vagas para cursos gratuitos no RN

A Rede Senac de Educação a Distância disponibiliza 62 vagas gratuitas para o curso de Informática Básica com Internet e Mídias Sociais no Rio Grande do Norte, através do Programa Senac de Gratuidade (PSG). Os interessados devem se inscrever exclusivamente por meio do site www.ead.senac.br/cursos-gratuitos, até as 9h do dia 03 de novembro.

Para participar, os candidatos devem possuir renda mensal familiar, por pessoa, de até dois salários-mínimos federais. Além disso, é necessário ter a partir de 14 anos de idade e ensino fundamental completo, bem como acesso à internet e uma conta de e-mail.


O curso terá 160 horas de duração e será totalmente realizado através do ambiente de aprendizagem virtual, acessado por meio da Internet. Desse modo, pessoas de qualquer município do estado podem se inscrever. 

O objetivo é proporcionar aos participantes o estudo inicial de informática, a partir do conhecimento básico sobre hardware, sistemas operacionais, editores de texto, softwares de apresentação, planilha eletrônica, navegação pela Internet e Redes Sociais. A classificação dos candidatos ocorrerá através da ordem de inscrição, de acordo com o número de vagas definido no Edital.

Após briga por causa das eleições, homem é morto com seis tiros no RN

Uma discussão por causa do resultado das eleições terminou na morte de um homem em São Francisco do Oeste, município da região Oeste potiguar. A vítima, Francisco Emanoel da Silva, de 40 anos, levou seis tiros. 

O crime aconteceu no final da tarde desta segunda-feira (27) em um bar da cidade. Ele ainda foi socorrido, mas morreu a caminho do hospital. O autor dos disparos fugiu. A Polícia Militar afirma que já tem a identificação dele.

Andrecia Aquino, sobrinha da vítima, contou aoG1 que o tio foi baleado após se envolver na briga de um primo dele. “Estavam todos em um bar da cidade. Esse primo do meu tio começou a discutir política com um homem, até que os dois começaram a brigar. 

Meu tio quis separar os dois, mas acabou entrando na confusão e deu um murro no homem, que saiu do bar. O primo dele também foi embora, e meu tio ficou lá sozinho”, contou. “Depois o homem voltou armado e começou a atirar. Meu tio levou seis tiros. Dois foram na cabeça, outros dois no peito e mais dois nos braços ”, acrescentou.

Ainda de acordo com a sobrinha, Francisco foi socorrido de ambulância para o Hospital Regional de Pau dos Ferros, que fica na mesma região. “Fizeram curativos nele para estancar o sangue e colocaram um aparelho para ele respirar. Depois, o Samu saiu com ele com destino a Natal, mas meu tio morreu no meio do caminho”, afirmou Andrecia.

A Polícia Militar ainda fez buscas na tentativa de encontrar o homem que atirou em Francisco, mas não conseguiu localizá-lo.

Andrecia disse que Francisco vivia com uma companheira, mas não tinha filhos e estava desempregado no momento.


Fonte: G1/RN.

Eleitor que não votou no 2º turno tem até 26 de dezembro para justificar

O eleitor que não votou no segundo turno das eleições tem até o dia 26 de dezembro deste ano para justificar a sua ausência.

Segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), quase 30 milhões de brasileiros se abstiveram neste domingo (26).

O dado corresponde a 21% do eleitorado, mas o cadastro do tribunal pode ter falhas e contabilizar como abstenções eleitores que já morreram. No primeiro turno, as abstenções foram de 19,2%.

O eleitor que não votou terá de justificar a sua ausência por meio do formulário RJE (Requerimento de Justificativa Eleitoral), que pode ser obtido no site do TSE.

O formulário deve ser entregue a um Cartório Eleitoral ou enviado pelo correio ao juiz da zona eleitoral onde é inscrito. O requerimento deve estar acompanhado de uma documentação que comprove a impossibilidade de votar.

Se o eleitor deixou de votar tanto no primeiro como no segundo turno, terá que justificar a ausência para cada um deles, obedecendo o prazo de 60 dias após o fim de cada um dos turnos. Para quem estiver no exterior, o prazo é de 30 dias.


Passados esses vencimentos, o eleitor deve se dirigir ao seu Cartório Eleitoral e solicitar a regularização. Será cobrada multa referente a cada turno. Ela pode variar entre R$ 1,06 a R$ 3,51. 

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Eleição de Robinson para governo do RN faz de Fátima Bezerra uma das maiores líderes políticas do Estado

Formada em pedagogia e com atuação na rede pública de ensino potiguar, Fátima (na foto, com Robinson) teve destacado trabalho na área de educação do Rio Grande do Norte. Graças a ela, o governo federal construiu 21 unidades federais de ensino profissionalizante em municípios do Estado. 

Antes havia apenas duas destas escolas - uma em Natal e a outra em Mossoró.

O mais importante é que Fátima recebe os dividendos da maldade que Henrique fez com ela na definição da aliança para a disputa do governo e do Senado pelo RN. Havia um pré-acordo para que Henrique concorresse ao governo e Fátima ao Senado. Mas Henrique puxou de última hora o tapete da deputada petista.

No lugar de Fátima, Henrique preferiu ter a ex-governadora Wilma de Faria (PSB) em sua aliança. Wilma queria concorrer ao governo, mas o peemedebista a convenceu a disputar o Senado, com o apoio de sua ampla coligação, que reunia 17 partidos - além do PMDB, PSDB, DEM, PDT e outros grupos políticos.

Traída por Henrique, Fátima foi à luta e se aliou a Robinson, que concorria ao governo. Mas até aquele momento ele não tinha a menor chance de ser eleito. A candidatura vitoriosa de Fátima para o Senado deu musculatura eleitoral a Robinson, que cresceu e chegou à eleição do segundo turno como favorito.

Foi Fátima quem deu o verniz de esquerda a Robinson, que ele não tinha. Mais que isso, facilitou a penetração da candidatura do PSD em setores progressistas. Fátima "colou" a campanha de Robinson ao da presidenta Dilma, que deve ter no RN mais de 70% dos votos válidos. Fórmula perfeita para ganhar eleição.

O apoio de Lula a Robinson gerou a insatisfação de Henrique e do PMDB nacional. Mas é fato que Henrique nunca morreu de amores por Dilma, Lula e o PT. No primeiro turno, o peemedebista escondeu Dilma do seu material de campanha. No segundo turno, ensaiou apoio ao presidenciável Aécio Neves (PSDB).

Agora Henrique está pagando por seus atos e ambiguidade política. A "rasteira" que ele deu em Fátima pode ser considerada uma das maiores trapalhadas da história política potiguar. Se fosse mantido o acordo anterior com a petista, ele teria sido eleito com muita facilidade no primeiro turno.

A derrota de Henrique corresponde ao preço do tamanho da sua esperteza. Fez uma aposta política errada e perdeu. A partir do próximo ano, ele fica sem a presidência da Câmara e o cargo de deputado, que detinha há mais de 40 anos.


Por Emanuel Neri

'Faremos um governo técnico', diz Robinson Faria após ser eleito no RN


O candidato eleito governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), falou sobre a vitória em uma coletiva de imprensa na residência onde mora, no bairro de Petropólis, na Zona Leste de Natal. Emocionado, ele agradeceu aos eleitores e aos partidos que o apoiaram e afirmou que fará "um governo técnico", com a base em um secretariado formado por especialistas.

"Faremos um governo técnico. Estou totalmente livre para premiar a competência. O fator decisivo para integrar a minha equipe não será bandeira partidária. Será a competência. No meu governo não terá essa história de um tempo para arrumar a casa. Vou trabalhar desde o primeiro dia para fazer um governo inovador, ousado, moderno e restabelecer o diálogo com a sociedade", declarou o novo governador.

O candidato destacou a presença do Partido dos Trabalhadores (PT) como aliado em sua campanha, sobretudo o apoio da senadora eleita no Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, que também ocupará o cargo pela primeira vez.

"Reconheço a importância do PT na minha eleição. Foi uma campanha desigual. O outro candidato teve recursos, alianças, mas não teve o povo no palanque. Fizemos uma campanha pautada na cidadania, no espírito público, que mostrou a inteligência do povo potiguar", disse Robinson.


Henrique vence em Santa Cruz por apenas 122 votos

Depois de vencer a eleição no primeiro turno por 2.407, Henrique Alves viu sua maioria diminuir para 122 votos.

Veja os números:

Henrique – 8.844 votos (50,35%)
Robinson – 8.722 votos (49,55%)
Brancos – 609 votos (2,99%)
Nulos – 2.222 votos (10,89%)

Abstenção – 5.679 votos (21,78%)

‘Quero ser uma presidenta melhor do que fui até agora’, diz Dilma Rousseff


Folha de São Paulo

No primeiro discurso após ser reeleita presidente da República, Dilma Rousseff exaltou o ex-presidente Lula e afirmou neste domingo (26) que quer ser uma governante melhor do que “foi até agora”.

Dilma Rousseff venceu o pleito com um resultado apertado. Ela teve 51,63% dos votos, quando 99,91% das urnas já tinham sido apuradas, à frente de Aécio Neves, com 48,37%.

“Prometo ser uma presidenta muito melhor do que fui até agora. Quero ser uma pessoa ainda melhor do que eu tenho me esforçado para ser. Esse sentimento de superação deve ser para transformar não só da minha pessoa, mas de toda a nação”, afirmou a presidente reeleita.

Após a confirmação da vitória, Dilma Rousseff deixou o Palácio do Alvorada, residência oficial da Presidência da República, e foi a um hotel de Brasília, onde um palco estava preparado para o seu pronunciamento.

Dilma Rousseff começou o seu discurso saudando o presidente Lula. Depois, citou o seu vice Michel Temer, o presidente do PT, Rui Falcão, o presidente do PDT, Carlos Lupi, o presidente do PR, Antonio Carlos Rodrigues, o presidente do PSD, Gilberto Kassab, o presidente do PRB, Vitor Paulo, e outros integrantes da base aliada.

A presidente teve seu discurso interrompido duas vezes pelo público que gritava “o povo não é bobo, abaixo a Rede Globo!”. Ela não fez nenhum comentário sobre o cântico e apenas pediu para o público deixar ela falar, já que sofria para aumentar o tom de voz e reclamava do microfone instalado no local.

Durante sua fala, Dilma Rousseff pediu união do “povo brasileiro” e disse não acreditar que a disputa acirrada na eleição “tenham divido o país”.


“Entendo, sim, que elas (as eleições) mobilizaram ideias e emoções contraditórias, mas movidas por sentimentos comuns: a busca por um futuro melhor para o país”, afirmou.

‘Combati o bom combate’, afirma Aécio em discurso após derrota


Folha de São Paulo

O candidato derrotado à Presidência, Aécio Neves (PSDB), fez seu primeiro discurso após o resultado das urnas que deu a vitória a sua adversária Dilma Rousseff (PT). Ele agradeceu aos brasileiros e afirmou que cumpriu sua missão.

“[Faço um] Agradecimento especial aos mais de 50 milhões de brasileiros que apontaram o caminho da mudanças. Eu serei eternamente grato a cada um, a cada uma de vocês, que me permitiram voltar a sonhar e acreditar na construção de um novo projeto”, afirmou.

Em uma disputa acirrada, Aécio tinha 48,38% dos votos válidos, quando 99,8% dos votos já haviam sido apurados em todo país.

Em seu breve discurso, feito em Belo Horizonte, o candidato derrotado disse que cumprimentou a presidente Dilma, por telefone. Ele ressaltou a importância de unir o país em um projeto relevante para a população.

“Considero que a maior de todas as prioridades deve ser unir o Brasil em torno de um projeto honrado e que dignifique a todos os brasileiros.”

Aécio agradeceu também o seu vice, o senador Aloysio Nunes, representando todos os aliados durante a campanha.

Ao final de sua fala, o tucano diz termina a campanha com sentimento que seu papel foi feito.

“Mais vivo do que nunca, mais sonhador do que nunca, eu deixo essa campanha, ao final, com sentimento de que cumprimos o nosso papel”, disse e cita o apóstolo São Paulo.


“Repito para encerrar, mais uma vez [o apóstolo] São Paulo, que é o que retrata para mim de forma mais clara o sentimento que tenho hoje, na minha alma e no meu coração: ‘Combati o bom combate, cumpri a minha missão e guardei a fé’. Muito obrigada a todos os brasileiros.”

Henrique Alves vence em Lajes Pintadas com votação menor em relação ao primeiro turno

O candidato ao governo do estado, Henrique Alves (PMDB) venceu o candidato Robinson Faria (PSD), em Lajes Pintadas, com maioria de 436 votos.

A votação de Henrique em Lajes Pintadas diminuiu em relação ao primeiro turno, quando o candidato obteve 1.913 votos e Robson Faria obteve 1.120 votos. Por tanto 793 votos de maioria, agora 436 votos.

Veja os números do segundo turno

Henrique Alves - 1.832 (56,75 %)
Robinson Faria - 1.396 (43,25 %)
Apurado - 4.885 (100,00%)
Abstenção - 1.094 (22,40%)

Comparecimento - 3.791 (77,60%)

Robinson Faria, do PSD, é eleito governador do Rio Grande do Norte


Robinson Faria, do PSD, foi eleito neste domingo (26) governador do Rio Grande do Norte. Apuradas 94% das urnas no estado, Robinson apareceu com 54,38% votos válidos — um total de 828.102 votos. O deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB) ficou em segundo lugar. Confira a apuração completa.

Natalense, Robinson Faria tem 55 anos e é formado em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Filho de empresário, entrou para a política por iniciativa própria e foi eleito deputado estadual pela primeira vez em 1986. 

Nos dois últimos mandatos como deputado (2003-2006/2007-2010) foi presidente da Assembleia Legislativa.
Em 2010, Robinson foi eleito vice-governador na chapa de Rosalba Ciarlini (DEM), atual governadora do estado. Ele assumiu a Secretaria de Recursos Hídricos no início do governo, mas rompeu com a governadora oito meses depois.

Resultado final:

Robinson Faria obteve …………..877.196 votos
Henrique Alves Obteve ………….734.646 votos
Votos apurados …………………..1.915.478
Válidos ……………………………1.611.842
Bancos …………………………..58.767
Nulos …………………………….244.869
Abstenção ………………………410.808